Notícias do Município de Três Barras

Três Barras terá câmeras de monitoramento; Escolas, creches e unidades de saúde também devem receber os equipamentos

Três Barras terá câmeras de monitoramento; Escolas, creches e unidades de saúde também devem receber os equipamentos

Imagem ilustrativa: Divulgação Internet

Visando ampliar e melhorar a segurança da população e auxiliar a Polícia Militar no combate à criminalidade é que o Governo de Três Barras pretende, em breve, instalar até 20 câmeras de monitoramento eletrônico em pontos estratégicos do Município.

Ainda não há previsão de custos, tendo em vista que o projeto está em fase de estudo e elaboração. Prefeitura, Câmara de Vereadores e a Polícia Militar vêm há algum tempo discutindo a instalação dos equipamentos.

De acordo com o prefeito Luiz Shimoguiri, os equipamentos servem também para inibir atos de vandalismo e de depredação dos patrimônios particular e público por toda a cidade. “As câmeras são importantes ferramentas no trabalho preventivo e de investigação”, argumentou.

Comandante do Grupo da Polícia Militar em Três Barras, 2° sargento Reginaldo Scheuer endossa as palavras do prefeito municipal.

Tendo como base as cidades que já contam com o sistema, o militar disse que o vídeomonitoramento reduz a quantidade de delitos, como por exemplo, o tráfico drogas, furtos e roubos, agilizando também a pronta resposta policial. “A identificação dos autores, mesmo que tardia, possibilita a abertura de inquérito policial e facilita o preenchimento dos requisitos que são autoria e materialidade”, explicou.

Questões relacionadas ao trânsito também foram levantadas pelo comandante, para justificar o investimento. Segundo ele, com o aumento da movimentação de veículos e pessoas, principalmente no período de expansão de empresas locais, o monitoramento do fluxo é essencial para garantir a ordem de forma preventiva.

Unidades escolares e de saúde

O monitoramento por vídeo também deve ser levado a todas as escolas e creches da rede municipal de ensino, conforme informou Shimoguiri.

A ideia é implantar o sistema nas partes externas das unidades e também nas salas de aula. Já as unidades de saúde devem contar com os equipamentos apenas nas áreas de livre acesso, preservando assim a privacidade dos profissionais e pacientes nos consultórios médicos, salas de curativos, observação, vacinas e exames.

 

Publicado por: Assessoria de comunicação em 09/10/2019

Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal